Chuvas de Bençãos

Postado em Atualizado em

Ezequiel capítulo 34.

Amado no Senhor, convido você para fazer comigo uma viagem voando nas Asas do Espírito Santo, através dos ensinamentos da Santa Igreja, e da Poderosa Palavra de Deus.

“Com efeito, a Igreja é o redil, do qual Cristo é: a única e necessária porta. Ela é também a grei, da qual o próprio Deus prenunciou que seria o pastor. Suas ovelhas, embora governadas por pastores humanos, são, contudo, incessantemente conduzidas e alimentadas pelo próprio Cristo, Bom Pastor e Príncipe dos pastores, que deu sua vida por suas ovelhas”. (Catecismo da Igreja Católica nº 754)

Amados o texto de Ezequiel capítulo 34 retrata três tipos de realidades vivenciadas por Israel no período em que os israelitas eram deportados para Babilônia por volta 593 antes de Cristo. Lembrando que somente os mais formados intelectualemnte eram levados cativos para Babilônia, o restante permanecia em Jerusalém também sobre as ordens babilônicas.

Amados o capítulo inicia com uma realidade da época, nada diferente dos dias de hoje. Justamente nesta época o Senhor fala ao povo através do Profeta Ezequiel, reprovando a conduta dos Pastores, que estavam apenas se alimentando do leite, vestindo-se da lã, e sacrificando as ovelhas mais gordas para dela se alimentarem. A conduta reprovada não permitia que as ovelhas se alimentassem, deixando-as desnutridas (Ezequiel 34,1.2).

A exortação do Senhor continua através do Profeta Ezequiel, fazendo referência ao descaso total dos pastores em relação ao rebanho “desnutrido”. As ovelhas fracas , não eram fortalecidas, as doentes não eram tratadas, as feridas não eram curadas, as desviadas, não eram reconduzidas ao rebanho, as perdidas não eram procuradas, e “todas eram tratadas com dureza e violência”, por isso vagavam por toda parte, espalhadas, sem que ninguém as procurassem, ou cuidassem delas.

Interessante que a Palavra do Senhor, vem como uma espada de dois gumes (Hebreus4,12). Ela vem ao encontro das Ovelhas abandonadas da casa de Israel, vem severamente ao encontro dos que haviam abandonado as ovelhas.  O Senhor agora vai reclamar cada ovelha, retirando a guarda de cada uma delas. Com isso, os pastores não poderiam mais se fartarem delas, e o mais grave, era que haviam pastores devorando as ovelhas, a ponto do Senhor dizer que iria tirar as ovelhas que estavam na “goela dos pastores” (Ezequiel 34,11).

A grande promessa para todo o rebanho, é que o próprio Deus vai assumir o pastoreio, e o cuidado com o rebanho. Agora é o Senhor quem diz: “Sou eu que apascentarei minhas ovelhas, sou eu que as farei repousar – oráculo do Senhor Javé”. (Ezequiel 34,15)

Vejamos agora a revelação da Palavra de Deus em relação aos bodes que estavam também sob o olhar do Senhor, que sonda todas as coisas (Salmos 138,2).

Quando olhamos um rebanho por cima ou de longe, não conseguimos perceber onde estão os bodes em meio as ovelhas, de longe não conseguimos perceber onde eles estão. Somente conseguiremos perceber quando eles começarem a “chifrar” as ovelhas (vers 21). E não é justamente o que acontece nos dias de hoje?. Os bodes somente aparecem em meio as ovelhas do rebanho do Senhor quando, eles se mostram através das chifradas ferindo as ovelhas. Além de tudo a palavra continua a dizer que, não são apenas as chifradas, mas também o comportamento deles em relação ao pasto e a fonte de água onde as ovelhas se alimentam.

Os bodes pisavam o pasto, e a água onde as ovelhas, comiam e bebiam, é como se nos dias de hoje nós ouvissemos uma frase muito conhecida por muitos “Vou quebrar as pernas do fulano, vou sujar a água dele, só para ver como ele vai fazer”!. Cuidado! O Senhor também está de olho neste tipo de comportamento! É o próprio Senhor que diz julgar ovelha por ovelha, indo em socorro das ovelhas, evitando que sejam atiradas as pilhagens. (Ezequiel 34,18-22).


Você deve estar se perguntando, onde estão as chuvas de bençãos?.

O Senhor então promete levantar Davi como único pastor do rebanho. Vejamos um pouquinho sobre quem era este pastor.

Samuel enviado por Deus a cassa de Jessé de Belém, para ungir Davi como novo Rei de Israel, foi surpreendido pelos irmãos de Davi quando começaram, um por um a entrar na casa em que habitavam a pedido do próprio Samuel. Ele precisava conhecer a cada um deles até que o Senhor apontasse quem seria o “Ungido”. Ao entrar o primeiro chamado Eliab, Samuel pensou que seria ele quem receberia a unção para se tornar rei, porém o Senhor disse a Samuel: “Não te deixes impressionar pelo seu belo aspecto, nem pela sua alta estatura, porque eu o rejeitei. O que o homem vê não é o que importa: o homem vê a face, mas o Senhor olha o coração”. (1 Samuel 16,7)

Samuel havia conhecido todos,  menos o que o Senhor havia designado para ser Rei de Israel. Samuel ordena para que o busquem, pois estava “Pastoreando as Ovelhas”. A palavra diz que Davi era de mui formosa aparência, louro, com belos olhos. (1 Samuel 16,12)

Foi este homem que o Senhor designou para ser único “Pastor de seu rebanho”. Sabemos que Jesus é o descendente de Davi (Mt 1,1-17), isto prova que o Senhor Jesus é o verdadeiro pastor, aquele que entregou a própria vida por suas ovelhas (João 10,11). O Senhor confiou seu rebanho para ser pastoreado por homens, que foram designados pelo prórpio Deus para cuidar de cada uma de suas ovelhas (João 21,17).

As ovelhas deste texto somos nós, governadas por pastores humanos, mais incessantemente conduzidas, e alimentadas pelo próprio Senhor como diz o parágrafo 754 do Catecismo da Igreja Católica.

Amado a Palavra diz que o Senhor concluirá um tratado de “Paz”, impedindo que as feras continuem a atacar as suas ovelhas, permitindo que elas possam habitar o deserto, e dormir nos bosques, lembrando que o deserto é repleto de feras, e animais selvagens (Marcos 1,12). A promessa diz que o deserto, e as imediações serão transformados em “Bençãos”. (Ezequiel 34,26).

Amado o Senhor tem uma chuva chegando para você no momento oportuno!. E serão “Chuvas de Benção”. O Senhor prometeu enviar uma chuva no momento oportuno, mas note, primeiro Ele nos fala sobre uma chuva, e, em seguida revela que seriam “Chuvas”. A primeira chuva vem para iniciar um “Período de chuvas, e chuvas de bençãos”, que transformarão as árvores, para que produzam muitos frutos, os bosques para que sejam verdejantes. (Ezequiel 34,26)

Então o Senhor irá romper as cadeias do jugo, livrando as ovelhas da mãos dos tiranos, revelando a eles que somente ELE é o Senhor.

Mas o que entendemos por jugo?. 

Jugo é uma cangalha de madeira que era colocada sobre os ombros de dois animais, para que pudessem carregar algo pesado dividindo o peso ente eles. Mas pelo que podemos entender do texto, é que as ovelhas estavam presas ao jugo. 



O prórprio Jesus nos fala sobre o jugo dizendo:Vinde a mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei. Tomai meu jugo sobre vós e recebei minha doutrina, porque eu sou manso e humilde de coração e achareis o repouso para as vossas almas. Porque meu jugo é suave e meu peso é leve. (Mateus 11,28-30).




Após todas essas revelações, ainda uma mais importante a impactar o meu e o seu coração! Eu e você somos as ovelhas do rebanho do Senhor e, Ele mesmo é quem nos apascenta.

Amados, precisamos nos apoderar desta palavra, mesmo que hoje eu você estejamos vivenciando qualquer uma destas realidades, precisamos ter a certeza revelada na palavra onde diz: Tal como a chuva e a neve caem do céu e para lá não volvem sem ter regado a terra, sem a ter fecundado, e feito germinar as plantas, sem dar o grão a semear e o pão a comer, assim acontece à palavra que minha boca profere: não volta sem ter produzido seu efeito, sem ter executado minha vontade e cumprido sua missão.(Isaias 55,10-11).



As chuvas começam a acontecer agora através da Poderosa Palavra de Deus, que desce do céu, e para lá não voltam sem antes terem passado pelo solo do meu e do seu coração, produzindo o devido “Efeito”.

Carlinhos

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s